fbpx

Prova Paraná aponta para dificuldades com a matemática

Você já parou para pensar se seu filho também faz parte dessa estatística? Muitas crianças e adolescentes encaram a Matemática como um ‘bicho papão’, mas existem meios possíveis para driblar isso e tornar o aprendizado mais leve e natural.

A matemática desperta a capacidade de resolução de problemas, estimula o raciocínio lógico e aguça a criatividade. Situações simples e lúdicas, como uma ida ao supermercado ou o planejamento da mesada, podem ser oportunidades de mostrar aos pequenos que muitos conteúdos ensinados na escola também estão presentes no dia a dia.

Porcentagem e problemas com fração. Essas foram as maiores dificuldades apresentadas pelos estudantes da educação básica da rede pública paranaense no resultado da primeira edição da Prova Paraná.

Resultado da Prova Paraná

As avaliações da Prova Paraná foram aplicadas com quase 435 mil estudantes de 2.048 escolas da rede estadual de ensino e com cerca de 99 mil alunos de mais de três mil escolas municipais de todo o estado.

Entre os conteúdos com desempenho inferior estão: resolver problemas com fração (10% de acertos no 6º ano do Ensino Fundamental); resolver problemas que envolvam porcentagem (10% de acertos no 1º ano do Ensino Médio) e reconhecer diferentes representações de um número racional (11% de acertos no 1º ano do Ensino Médio).

Já no quesito bom desempenho está a interpretação de tabelas e gráficos, com  média de acertos de 90% entre os estudantes do 9º ano, e problemas envolvendo o Sistema Monetário Brasileiro em função de seus valores, com cerca de 85% de acerto entre os alunos do 6º ano.

Dificuldade com habilidades básicas

O levantamento do exame apontou que os alunos do ensino médio não conseguiram acertar um terço da prova. O pior resultado, com média de acerto de 28,5% das questões, foi entre alunos do 1º ano do Ensino Médio. Apenas os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental acertaram mais da metade do exame.

Após a divulgação do diagnóstico, criado para auxiliar no planejamento de ações de melhoria de aprendizagem, a Prova Paraná revelou deficiências com as habilidades básicas entre os estudantes da rede pública paranaense.

Um dos caminhos possíveis para transformar esse quadro é trazer a matemática para o cotidiano das crianças e encontrar soluções divertidas e inovadoras, como games, aplicativos e programas de educação complementar online (conheça o youtzLIVE). Seja na escola ou dentro de casa, ajudar a ressignificar a relação do estudante com a matemática pode ser fundamental para melhorar relação e o desempenho com a disciplina.

Referências: